A história da cerveja Pilsen

Pilsen, Pilsner, Pilsener ou Pils

A cerveja Pilsen surgiu na cidade de Plzeň, localizada na região da Boêmia na atual Republica Tcheca, em meados do século XIX. Sua chegada mudou o cenário cervejeiro mundial, pois sua coloração dourada e luminosidade a diferenciavam muito das Lagers escuras da época.

Mapa da Republica Tcheca : a cidade de Plzeň fica no estado de mesmo nome

Ela foi criada pelo bávaro Josef Groll da cervejaria Pilsner Urquell (Plzeňský Prazdroj) para competir com o estilo Märzen*. Groll aprendeu a fazer maltes claros com os britânicos e teve acesso à então nova levedura Lager, trazida da Bavária. O resultado foi a cerveja mais clara do seu tempo e com um brilho único.

Revolução industrial torna o vidro mais barato

Coincidência ou providência divina, nessa época uma mudança no consumo ajudou a impulsioná-la: o vidro substituía as canecas de cerâmica e metal como recipiente preferencial e a nova cerveja tinha um apelo visual irresistível. Todos queriam prová-la e a novidade espalhou-se rapidamente pela Europa.

E ela não era apenas bonita. O malte claro de origem local lhe conferia um convidativo aroma de pão e o lúpulo nobre de Zatec proporcionava um médio e agradável amargor. Isso somado ao baixo teor alcoólico fazia da Pilsner uma cerveja muito fácil de beber. De gole em gole, o novo estilo conquistou o mundo.

Beba na fonte original

Portões da Cervejaria Pilsner Urquell

A Pilsner Urquell, nascida oficialmente em 5 de outubro de 1842, pode ser encontrada por aqui. Mas para quem tiver a oportunidade, vale cada centavo conhecê-la em sua plenitude, nos bares da República Tcheca ou na própria fábrica em Plzeň.

Nesse tour incrível você vai conhecer um labirinto de galerias subterrâneas, onde a cerveja era fermentada e maturada antes do advento da refrigeração. Para garantir a temperatura correta para a levedura Lager**, enormes blocos de gelo eram colocados nessas câmaras debaixo da cervejaria.

Barris a perder de vista nas longas galerias

A visita é coroada com uma degustação da cerveja não filtrada direto dos antigos barris de madeira. A experiência é incrível porque a cerveja fresca é muito saborosa. E ainda há um museu, uma boa loja de souvenirs e um restaurante.

Só não se empolgue muito comendo bebendo para não perder o trem de volta a Praga. Eu perdi.

*Plzeňský Prazdroj significa fonte original da Pilsner (ou fonte original da cidade de Pilsen. as traduções variam). Algumas publicações não se referem explicitamente a uma Märzen, mas sim a uma Lager feita em Viena que teria se disseminado também no sul da Alemanha no inicio do século XIX.
**Lager vem do alemão e significa armazém ou estoque. O nome surgiu porque essas cervejas exigem um tempo de maturação longo e ficavam estocadas até estarem prontas para o consumo.

Cervejas para beber com Estilo em 2017!

Ao contrário do PIB, o mercado de cervejas especiais continua em alta no Brasil. Novas marcas chegam aos mercados, vindas das mais diversas partes do pais e do mundo e novos bares e brewpubs são abertos numa velocidade impressionante.

Nesse novo “universo” cervejeiro é mesmo muito fácil se perder. São tantas marcas, “tipos” e estilos que a escolha do que beber tornou-se complexa. Para simplificar a tarefa, que tal conhecer um pouco mais sobre os mais de 150 estilos disponíveis nas prateleiras?

Tipos x Famílias X Estilos de Cerveja

Certo, a cerveja aguada que acompanha(va) o seu churrasco não é Pilsen. Mas quais são as características sensoriais que a diferem de uma verdadeira Pilsen ? E por que aquela cerveja de trigo da Oktoberfest destoa da witbier belga que você bebeu outro dia? Continue lendo “Cervejas para beber com Estilo em 2017!”